quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

The Knife lançam novos remixes de sua ópera


Com a hiperatividade do projeto paralelo de Karin Dreijer (aka Fever Ray), muita gente achava que não se ouviria falar do duo The Knife tão cedo. Eles lançaram nesse ano o álbum Tomorrow, In A Year em parceria com Planningtorock e Mt. Sims, que é na verdade a trilha de uma ópera moderna que homenageia a obra de Charles Darwin.

O único single a sair da trilha, até agora, era Colouring Of Pigeons, uma das faixas menos indigestas do trabalho e a única que conta com os vocais inconfundíveis de Karin.

Essa semana a parceria rendeu algumas novidades. Primeiro, foi lançado o segundo single, Seeds. Com dois remixes, um de 12 minutos tediosos assinado por Portable (aka Bodycode) e outro bem mais aceitável assinado por Shinedoe. Vale a pena ouvir esse último, é o mais perto que esse projeto pode chegar de música não-conceitual:

The Knife in collaboration with Mt. Sims and Planningtorock - Seeds (Shinedoe Remix)

E aí quando você acha que eles vão voltar a fazer música para ouvir e dançar, o site oficial de The Knife lança dois "mixes" da faixa Tomorrow, In A Year. Cada um deles tem 5 minutos, um é assinado por Olof Dreijer e outro por Planningtorock.

Eles explicam que "ao invés de tentar fazer um mix que poderia ser representativo em termos de referências musicais para a ópera, o que é bastante difícil já que a maior referência são os textos de Darwin, nós escolhemos dar uma variação digna de Darwin em diferentes expressões vocais e estilos". Não esperem entender alguma coisa.




Enquanto isso, Fever Ray está para estrear a trilha sonora que fez para Vargtimmen, The Wolf Hour, peça do renomado diretor indie Ingmar Bergman e uma faixa da trilha sonora de Red Riding Hood (veja o trailer com a música aqui).

Será que The Knife ainda volta a embalar os dancefloors?


#Frikadica

2 comentários:

F. Bassetti disse...

Isso é uma obra prima! O mais conceitual que já ouvi vindo de The Knife!
Isso só me dá orgulho... uma pena que as pessoas não tem olhos para um trabalho tão bom.

Beijos Frika!

Raphael L disse...

Não acho que essa colaboração tenha sido o trabalho mais conceitual do duo. eu adoro o projeto Fever Ray (<333) e meu álbum favorito do the knife é o Silent Shout.

Beijos, adorei o blog!

Related Posts with Thumbnails